Erro
  • Erro ao carregar componente: com_imageshow, 1
Onde eles estão?

FERNANDO DAMATTA PIMENTEL
("OSCAR", "CHICO", "JORGE").

- Mineiro, foi militante, sucessivamente, do COLINA, da VAR-P e da VPR, onde atuou na Unidade de Combate "Manoel Raimundo Soares", no Rio Grande do Sul. Participou de diversas ações armadas, das quais se destacam:
 
- 02 de março de 1970, chefiou o assalto a um carro do Banco do Brasil que transportava dinheiro para a Companhia Ultragás.
 
- as cinco fracassadas tentativas de seqüestro do Cônsul dos EUA em Porto Alegre/ RS, Curtis Carly Cutter, ocorridas naquela capital, nos meses de março e abril de 1970. A última delas foi em 14 de abril. O terrorista Fernando foi preso nove dias depois. (Ver O FRACASSADO SEQÜESTRO DO CÔNSUL DOS EUA em VERDADE HISTÓRICA).
 
- Em 1973 foi posto em liberdade.
 
- Filiou-se ao PT e ocupou vários cargos na administração municipal de Belo Horizonte, entre eles o de Secretário Municipal de Governo, Planejamento e Coordenação Geral, na gestão de Célio de Castro. Em 1993, na gestão de Patrus Ananias, foi Secretário Municipal da Fazenda, cargo que ocupou até 1996. No primeiro mandato da administração de Célio de Castro, exerceu o mesmo cargo até junho de 2000, quando se afastou para se candidatar a vice-prefeito.
 
- Em 2001, tomou posse como vice-prefeito de Célio de Castro e, em novembro do mesmo ano, assumiu, interinamente, o cargo de prefeito de Belo Horizonte em substituição ao titular, licenciado por motivo de saúde. Em 8 de abril de 2003, Fernando Pimentel assumiu, definitivamente, o cargo de prefeito, em razão da aposentadoria de Célio de Castro. Reeleito, ficou no cargo até 31 de dezembro de 2008.
 
- Disputou uma vaga no senado nas eleições de 2010, sendo derrotado por Aécio Neves e Itamar Franco.
 
- É o atual ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Governo Dilma Rousseff.

O TERNUMA agradece sua visita.
Ir para o topo
Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção por IBS Web.'.