Erro
  • Erro ao carregar componente: com_imageshow, 1

MANIFESTAÇÕES PELA PÁTRIA. // Gen Bda Paulo Chagas

Caros amigos
Tenho muito orgulho de ser brasileiro e procuro demonstrar isto sempre que posso.
É este orgulho que leva homens e mulheres a empenhar um dia ensolarado de domingo para protestar contra os maus brasileiros que fazem da política uma atividade desonesta de grande rentabilidade pessoal.
Todos guardamos na memória, principalmente os mais velhos, o poema de Olavo Bilac, "A Patria" (*), que aprendemos na escola - sem ideologia de gênero, sem partido e com educação moral e cívica - e que, desde crianças, nos exorta a "amar, com fé e orgulho, a terra em que nascemos".
Temos, hoje, razões de sobra para sair às ruas e protestar, mas esta é a mais importante! As demais são circunstanciais e podem ser lidas nas faixas e nos cartazes que levamos ou ouvidas nas palavras de ordem e nos refrões que nos animam e estimulam nas manifestações.
Hoje, 26 de marco de 2017, não foram tantos, como em outras oportunidades, os que se dispuseram a manifestar seu amor à Pátria nas ruas e praças do Brasil, mas, sem dúvidas, representaram a melhor essência do nosso patriotismo! Lá estiveram por si próprios, clamando pelo que querem e que podem fazer sem intermediários ou intervenção de terceiros.
Há mais de duzentos anos, um índio guarani bradou ao mundo que "esta terra" - sagrada e abençoada com o nome de Santa Cruz - "tem dono" e que este é o povo brasileiro!
Aqui, em Brasilia, estivemos reunidos próximo à Praça dos Três Poderes, local emblemático no qual poder é exercido em nosso nome e que, portanto, deve refletir a nossa vontade.
Deixamos claro que não serão algumas centenas de picaretas, de corruptos trabalhando em causa própria que irão destruir a nossa Pátria impunemente.
Gritamos ao pé do ouvido de governantes, políticos e juízes e os alertamos para que cumpram as leis, que acabem com a impunidade, que todos os criminosos - de todos os colarinhos -, sejam punidos e que não se atrevam a comprometer o nosso futuro e a desafiar a nossa fé no Brasil.
Enfatizamos o objetivo de mudar a cara das pessoas que circulam por aquela Praça e que vamos empenhar toda a força da nossa vontade para impedi-los de aprovar instrumentos que lhes assegurem outros mandatos.
Parabéns a todos que, mais uma vez, sairam às ruas para reafirmar seu amor ao Brasil e para reforçar a fé no futuro e o orgulho que temos da terra em que nascemos!
Brasil, acima de tudo!


(*) A Pátria
Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste!
Criança! não verás nenhum país como este!
Olha que céu! que mar! que rios! que floresta!
A Natureza, aqui, perpetuamente em festa,
É um seio de mãe a transbordar carinhos.
Vê que vida há no chão! Vê que vida há nos ninhos,
Que se balançam no ar, entre os ramos inquietos!
Vê que luz, que calor, que multidão de insetos!
Vê que grande extensão de matas, onde impera,
Fecunda e luminosa, a eterna primavera!
Boa terra! jamais negou a quem trabalha
O pão que mata a fome, o teto que agasalha...
Quem com seu suor a fecunda e umedece,
Vê pago o seu esforço, e é feliz, e enriquece!
Criança! não verás país nenhum como este:
Imita na grandeza a terra em que nasceste!

O TERNUMA agradece sua visita.
Ir para o topo
Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção por IBS Web.'.