Erro
  • Erro ao carregar componente: com_imageshow, 1

24FEV1945 - A FEB CONQUISTA LA SERRA. // Gen Bda R1 Luiz Eduardo Rocha Paiva

A FEB NA II GRANDE GUERRA:Em 24 de fevereiro de 1945, a FEB conquistou La Serra, no prosseguimento do rompimento da Linha Gótica (Montes Apeninos), em seguida à tomada de Monte Castelo..
A missão foi do II/1º RI do Ten Cel Sizeno Sarmento. No ataque, destacou-se o Ten Inf Apolo Resk (CPOR-RJ). A seguir vai a citação que consta de suas Alterações, para respaldar o recebimento da Cruz de Combate de 1ª Classe, mais alta condecoração militar nacional.
Este Infante exemplar é orgulho para todo soldado e, com especial significação, aos oriundos dos CPOR/NPOR. Creio que seja o Febiano mais condecorado.
A de 1ª classe (dourada) é concedida por bravura ou aos que revelarem espírito de sacrifício no desempenho de missões de combate. A de 2ª Classe (prateada) é concedida por ação meritória em campanha.
O texto foi extraído da Monografia - “Condecorados com a Cruz de Combate de 1º Classe Durante a II Guerra Mundial – virtudes militares comuns”, Glauco Costa de Moraes.  UNISUL (SC)
- 1º Tenente Apollo Miguel Rezk (Ten Temp 1º RI)
Em 12 Dez 44, em Monte Castelo, comandando seu Pel, o Ten Apollo conquistou importante posição alemã, após violenta batalha. Pela bravura demonstrada nessa ação, foi agraciado com a "Silver Star", pelo alto comando americano. Em 24 Fev 45, conquistou La Serra, à frente de seu Pel, atravessando extenso campo minado e sob pesada resistência Ini. Ferido e em posição vulnerável, conseguiu suportar os contra-ataques dos alemães e, apesar do poder de fogo Ini, logrou repeli-los e infligir-lhes severas baixas. Por essa magnífica atuação, Apollo, já no Hosp Camp, ouviu pela rádio BBC de Londres a seguinte notícia: "O Cmdo Aliado na Itália resolveu louvar um Oficial da FEB pelos seguintes motivos: cada ação em combate é um pretexto para evidenciar suas belas qualidades de soldado e sua excelência no Cmdo Pel, conduzindo a sua tropa ao objetivo com o exemplo da sua própria coragem”. Conquistou La Serra, em cujas ruínas se manteve até ser evacuado horas depois de gravemente ferido, quando ainda lutava com sua metralhadora.
Sua posição estava cercada de metralhadoras Ini, a esquerda, à frente e a direita, seis ao todo, as mais próximas distavam cerca de 15 metros do objetivo alcançado, e as mais afastadas, 80 metros. Suportou contra-ataques e esteve cercado durante quase toda a primeira noite. Fez cinco prisioneiros. Ferido em combate às 23 horas do dia 23, só pôde ser evacuado na manhã seguinte, às 10 horas, devido ao intenso bombardeio da Art e Mrt a que estava sujeita a posição. Sua audácia em marchar para o objetivo fixado, que sabia fortemente defendido, completou-se com a decisão de manter o objetivo conquistado. Mesmo ferido, contra-atacado e cercado, não abandonou a posição. Demonstrou coragem, responsabilidade, tenacidade, vontade, espírito de sacrifício, honra e senso de cumprimento do dever.
Pela sua destacada ação em La Serra, o Ten Apollo recebeu dos EUA  a “Cruz de Serviços Distintos”, de valor hierárquico maior que a “Silver Star”, que já havia recebido. Foi um dos poucos combatentes não americanos, em todo o mundo, condecorado com tão importante comenda.

O TERNUMA agradece sua visita.
Ir para o topo
Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção por IBS Web.'.