Erro
  • Erro ao carregar componente: com_imageshow, 1

UM BASTA À HIPOCRISIA E AO REVANCHISMO

 

 

 

Por Walter Luiz Ferreira (*)

Desde que a esquerda brasileira chegou ao poder, os ataques ao regime militar vem crescendo e curiosamente nada tem se ouvido em sua defesa por parte de nenhuma esfera da sociedade brasileira. Até mesmo os militares se calam diante das provocações e seguidas tentativas de investigar e punir seus integrantes, que segundo a história ainda recente, só tomou o poder em 64 por clamor da população e para defender nossa "democracia" diante do terror bolchevista que nos ameaçava.

E isto mais uma vez ficou claro e evidenciado no discurso de posse da ministra Maria do Rosário, quando apelou para que o Congresso aprove o quanto antes a formação da "Comissão da Verdade" para apurar os crimes cometidos, segundo ela, pelos militares, entre 1964 e 1985 e mais uma vez o que se ouviu foi o ensurdecedor silêncio da resposta que mais uma vez não veio. Este vazio fortalece mais e mais "a versão" contada por quem ontem era tido como terrorista e atualmente figura como donos do poder. E entre o lado que fala e o que se cala, está a população um tanto quanto atordoada sem saber quem afinal foi o bandido ou mocinho em toda esta história.

Até pouco tempo eu tinha certeza, mas hoje nem tanto, que os ensinamentos das escolas e os registros em livros e jornais que li sobre o episódio eram as únicas verdades. Porém diante do silêncio por parte dos protagonistas de um dos lados envolvidos no episódio e o falar incessante por parte do outro, me fez refletir e até mesmo acreditar que a história de fato possui, como na maioria das vezes, duas realidades díspares uma vez que tudo só depende mesmo de quem a conta e do interesse em levar vantagens.

Por tudo isso, acredito sinceramente que, se as autoridades da época resolveram em comum acordo não penitenciar ninguém e "anistiar" a todos os envolvidos naqueles conflitos através da "Lei da Anistia" (ampla, geral e irrestrita), não é salutar ao Brasil de hoje e nem ao seu povo, abrir novamente velhas feridas investigando e punindo quem já foi perdoado. Mas se realmente for esta a intenção e o anseio da maioria da população e não apenas de algumas pessoas mal intencionadas, que tornem então sem efeito esta "Lei e que os indenizados devolvam as fortunas que receberam dos cofres públicos" e se investigue de fato, punindo exemplarmente todos os envolvidos de ambos os lados deste conflito para que jamais se repita tal fato em nossa história.

Ou isto ou nada! E bola pra frente porque o Brasil precisa viver em paz, com segurança, igualdade social de verdade e não somente no papel ou nos discursos e com confiança total em nossos militares e governantes. De uma vez por todas, temos que dar um basta à hipocrisia e a este clima de revanchismo reinante no país.

(*) Walter Luiz Ferreira - Técnico em segurança pública

 

 

 

O TERNUMA agradece sua visita.
Ir para o topo
Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção por IBS Web.'.