Erro
  • Erro ao carregar componente: com_imageshow, 1

A REVELAÇÃO DAS MEMÓRIAS

 

 

 

Com a finalidade de subsidiar àqueles que querem abrir o BAÚ DA VERDADE, o TERNUMA se vale de uma série de memórias, publicadas no site “A Verdade Sufocada”: http://www.averdadesufocada.com.

O Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil, denominado "Memórias Reveladas", foi institucionalizado pela Casa Civil da Presidência da República e implantado no Arquivo Nacional com a finalidade de reunir informações sobre os fatos da história política recente do País. Dando continuidade a iniciativas dos últimos governos democráticos, em novembro de 2005, o Presidente Lula assinou decreto regulamentando a transferência para o Arquivo Nacional dos acervos dos extintos Conselho de Segurança Nacional, Comissão Geral de Investigações e Serviço Nacional de Informações, até então sob custódia da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e passou à Casa Civil a coordenação do recolhimento dos arquivos.

COMENTÁRIO DA EDITORIA DO SITE: http://www.averdadesufocada.com

Este é o desejo de todos os que foram designados, oficialmente, para lutar contra os que vinham tentando implantar um regime marxista-leninista no Brasil, desde muito antes de 1964.

Este Portal do governo seria de grande valia para todos e, principalmente, para a juventude se não houvesse censura nos documentos apresentados.

O texto de apresentação já é distorcido quando diz que um pedaço de nossa história estava nos porões. Não estava, ela continua nos porões. Os ex-terroristas continuam sendo apresentados no trecho inicial do Portal como vítimas, como opositores do regime militar, como perseguidos políticos. Suas fichas são censuradas por eles mesmos. Ocultam os crimes hediondos praticados por organizações terroristas, que assaltaram, sabotaram, sequestraram, assassinaram e praticaram atentados a bombas, entre outras barbáries... Referem-se a si próprios como "perseguidos por supostos ilícitos". A suposição é de quem? NÃO EXISTE SUPOSIÇÃO DIANTE DE FATOS E DE CRIMES SOBEJAMENTE DE DOMÍNIO PÚBLICO, COMPROVADOS PELA PRÓPRIA MÍDIA QUE HOJE OS APOIA, POIS A MANCHA COM QUE TINGIRAM O PAÍS É INDELÉVEL.

Pretendemos colaborar com o Portal Memórias Reveladas, do Arquivo Nacional, e esperamos que em nossa contribuição para a História recente do Brasil seja mantido o direito à verdade e à memória e que a referência aos atos de repressão aos opositores do regime militar contenham os crimes pelos quais esses opositores eram "procurados pelos órgãos de segurança". Entre as datas dessa “memória” ninguém inventou nada e o que tem que ser revelado é que terrorismo é crime contra a humanidade e, por essa razão, imprescritível, sejam quais forem as correntes políticas eventualmente no poder..

Observa o leitor Felix Maier, que entre as fontes de referência de Memórias Reveladas, do Arquivo Nacional, estão a Fundação Perseu Abramo e o Movimento Tortura Nunca Mais.

Seria mais imparcial se os coordenadores desse projeto também incluíssem, na íntegra, os documentos a respeito, que foram arquivados no STF, no STM, nos Órgãos de Segurança, nas Auditorias Militares, no DOPS, no CENIMAR, no CISA e no CIEx .

Também, de grande utilidade seria a publicação das diretrizes contidas nos documentos dos dirigentes comunistas que, desde 1961, enviavam militantes para treinar técnicas de guerrilhas em países comunistas.

Daria credibilidade ao Portal se nas fichas dos militantes constassem, "sem limpezas de arquivos", suas atividades na luta armada; que os depoimentos dos supostos "perseguidos políticos" fossem publicados; que não houvesse sigilo de informações de ordem pessoal que, pretensa ou convenientemente, “prejudicassem” a segurança nacional.

Com fichas desse tipo, completas, os brasileiros obteriam informações mais amplas e confiáveis.

Postar informações provenientes, apenas, de organizações esquerdistas e de familiares de militantes, ignorando, solenemente, o sério trabalho realizado por sites e blogs que se dedicam ao assunto, é uma prova cabal de que o objetivo maior desse site governamental não é prestar informações corretas, mas apenas realizar propaganda ideológica de militantes revanchistas. Atitudes desse tipo desmoralizam o Portal sob a ótica da isenção.

Há que se ter um mínimo de respeito pela História recente do País, revelando o que fizeram os militantes de organizações subversivo-terroristas, muitos dos quais ocupam cargos em vários escalões do atual governo. Para começar, a Ministra - Chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff; o Ministro da Comunicação Social, Franklin Martins; o Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc; o Ministro da Cultura, Juca Ferreira; e muitos outros do 2º escalão. Eles poderiam contar a verdadeira história de suas organizações e os crimes praticados por seus militantes.

Temos muito que contar para contribuir com o resgate da História recente do Brasil.

À coordenadoria do Portal Memórias Reveladas sugerimos:

a) comecem narrando a verdadeira motivação para o início da luta armada;

b) publiquem as fichas criminais com os "supostos ilícitos" dos "opositores do regime";

c) citem as organizações terroristas a que pertenciam os militantes e porque eram "perseguidos políticos"

Espera-se que essas memórias, que podem ser encontradas no site http://www.averdadesufocada.com e aqui apresentadas, depois de conferidas com documentos constantes nos processos, sejam utilizadas pelo portal do governo.


Nossa primeira colaboração ao Portal trata do Atentado ao Aeroporto Guararapes - Recife/PE, considerado o marco inicial da luta armada no Brasil. Seguem-se outras memórias "apagadas" pelos diversos segmentos responsáveis pela verdade histórica da Nação brasileira.

Memória I: AS SETE BOMBAS QUE ABALARAM RECIFE

Memória II: AS ILUSÕES ARMADAS

Memória III: CARTAS DE LAMARCA ENTREGUES AO ARQUIVO NACIONAL PELA AERONÁUTICA.

Memória IV: O ATENTADO AO QG DO II EXÉRCITO

Memória V: O ASSALTO À CASA DE SAÚDE DR. EIRAS

Memória VI: O MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO 8 DE OUTUBRO (MR-8)

Memória VII: AÇÃO LIBERTADORA NACIONAL

Memória VIII:

Memória IX:

Memória X:

Memória XI:

 

 

 

O TERNUMA agradece sua visita.
Ir para o topo
Desenvolvimento, Hospedagem e Manutenção por IBS Web.'.